Pedro Proença: "Difícil é liderar um organismo distrital e fazer um trabalho excecional"

Pedro Proença: "Difícil é liderar um organismo distrital e fazer um trabalho excecional"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O presidente da Liga, Pedro Proença, almoçou com os presidentes e representantes das Associações de Futebol

"Esta é uma competição que junta o futebol profissional à comunidade numa grandiosa festa do Futebol. E não há futebol profissional sem uma base forte. O trabalho que fazem é absolutamente fundamental. Costumo dizer - difícil não é ser Presidente da Liga Portugal ou de uma estrutura profissional. Difícil é liderar um organismo distrital e fazer um trabalho excecional como o vosso", disse Pedro Proença à margem do almoço, este sábado, com os Presidentes e representantes das Associações de Futebol.

Um encontro que contou ainda com as presenças de Luciano Gonçalves, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), José Pereira, líder da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), Joaquim Evangelista, Presidente do Sindicato Profissional de Jogadores Futebol (SPJF), João Mendonça, da Associação Nacional de Médicos de Futebol (AMEF) e António Gonçalves, da Associação Nacional Dirigentes de Futebol e Futsal (ANDIF).