Real fez história no Restelo, mas segue-se uma derrota na secretaria

Real fez história no Restelo, mas segue-se uma derrota na secretaria
Carlos Pereira Santos/Lino Devesas

Tópicos

Utilização indevida do futebolista Abou Toure pode significar derrota na Taça da Liga e beneficiar o clube do Restelo, afastado no jogo jogado com uma derrota por 1-0. A bola passa para a Disciplina.

O Real fez história no Restelo ao eliminar o Belenenses da Taça da Liga, mas o golo de Vinícius poderá significar apenas a vitória no relvado, sem a consequente presença na fase de grupos.

A tarde de glória deste clube recém-chegado dos campeonatos amadores aos profissionais poderá ter sido traída pela utilização irregular de Abou Touré. O atacante, que enquanto jogador do Gil Vicente foi admoestado com um duplo amarelo e consequente vermelho no jogo com o Famalicão, na última jornada da época passada, ficou com um castigo para cumprir no jogo seguinte. Mas, tal como se verificou no Restelo, isso não aconteceu e, segundo os regulamentos em provas a eliminar, o Real deverá ser desclassificado e o eliminado Belenenses deverá assumir o seu lugar na fase de grupos da Taça da Liga. Adelino Ramos, presidente do Real, recusou fazer declarações enquanto o clube não for notificado. Filipe Martins, o treinador que conduziu o clube de Sintra a uma esplendorosa jornada, também não se quis manifestar sobre o assunto. Por último, importa referir que no fatídico Gil Vicente-Famalicão, Abou Touré substituiu Pedro Marques aos 61, e foi punido com o primeiro amarelo aos 82" e o segundo e o inevitável vermelho aos 85", numa altura em que os gilistas perdiam por 0-2, score com que o dérbi minhoto terminou.

O jogador foi utilizado, portanto, de forma indevida. A expectativa segue hoje, dia em que o Conselho de Disciplina analisa os relatórios dos jogos da Taça da Liga, 2.ª Fase. Será o Conselho de Disciplina da FPF a instaurar o respetivo inquérito e que, depois, baixará à Comissão de Instrutores da Liga. "A priori", não há volta a dar, o Real será mesmo desclassificado da prova e o beneficiado será naturalmente o Belenenses. O assunto deve ficar resolvido com a brevidade exigida numa situação destas.