Nacional deixa Boavista pelo caminho

Nacional deixa Boavista pelo caminho

O Nacional qualificou-se para a fase de grupos da Taça da Liga ao vencer o Boavista por 2-1, em jogo da segunda fase da prova, disputado no Estádio da Madeira, no Funchal.

Rochez marcou, aos 63 minutos, o golo da vitória dos madeirenses, que até marcaram primeiro, por Witi, aos nove, mas Fábio Espinho, aos 58, ainda conseguiu o empate para os boavisteiros.

Apenas com dois reforços de início, os madeirenses marcaram cedo, com Witi a ganhar um ressalto, batendo Helton, com um remate forte e colocado, à entrada da área.

Na primeira parte, o Boavista só incomodou o adversário, aos 40 minutos, com Daniel Guimarães a evitar o pior, após remate certeiro de Rochinha.

Na segunda parte, o jogo ganhou maior dinâmica e, aos 53 minutos, Camacho rematou forte, para uma grande defesa de Helton.

No entanto, aos 58, Fábio Espinho empatou a partida, com um 'chapéu' ao guarda-redes Daniel Guimarães.

A equipa da Choupana reagiu de imediato e, aos 63 minutos, a passe de Mauro Cerqueira, Rochez apareceu em posição de remate, batendo Helton pela segunda vez.

Aos 83, Falconi pôs à prova o guarda-redes nacionalista, com um remate colocado, mas este evitou que a bola entrasse na sua baliza.

Jogo no Estádio da Madeira, no Funchal.

Nacional - Boavista, 2-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Witi, 09 minutos.

1-1, Fábio Espinho, 58.

2-1, Rochez, 63.

Equipas:

- Nacional: Daniel Guimarães, Nuno Campos, Arthur Henrique, Diogo Coelho, Mauro Cerqueira, Jota (Palocevic, 84), Alhassan, Vítor Gonçalves, Witi, Camacho (Gorré, 64) e Rochez (Okacha Hamzaoui, 82).

(Suplentes: Framelin, Okacha Hamzaoui, Diego Barcelos, Gorré, Kalindi, Palocevic e Felipe Lopes).

Treinador: Costinha.

- Boavista: Helton, Carraça, Neris, Raphael, Talocha, Idris (Gabriel Nunes, 76) David Simão, Rafael Costa, Rochinha (Mateus, 46), Fábio Espinho (André Claro, 67) e Falcone.

(Suplentes: Bracali, Obiora, Robson, Mateus, André Claro, Edu Machado e Gabriel Nunes).

Treinador: Jorge Simão.

Árbitro: João Bento (AF Santarém).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Mauro Cerqueira (57), David Simão (89) e Palocevic (90+1).

Assistência: 961 espectadores.