Chaves segue na Taça da Liga após eliminar Nacional

Chaves segue na Taça da Liga após eliminar Nacional

O Chaves superou o Nacional, no desempate por grandes penalidades

O Chaves superou o Nacional, no desempate por grandes penalidades (4-3, após empate 2-2 no fim do tempo regulamentar), e segue para a fase de grupos da Taça da Liga portuguesa de futebol.

A primeira parte foi movimentada e intensa, com o Desportivo de Chaves a adiantar-se no marcador aos 11 minutos, por intermédio de Platini, que ludibriou o guarda-redes Daniel Guimarães.

O Nacional restabeleceu a igualdade, por Bryan Róchez, que aproveitou da melhor maneira uma má interceção de Igor, após um centro de Witi.

O Desportivo de Chaves procurou contrariar esse maior domínio e, aos 74 minutos, Rafael Viegas obrigou Daniel Guimarães a uma boa intervenção. Na sequência do canto, André Luís recolocou o Desportivo de Chaves na liderança do marcador.

A igualdade não tardou, com Bryan Róchez a dar a melhor sequência a uma solicitação de Kalindi, aos 78 minutos, levando a decisão para as grandes penalidades.

Nacional - Chaves, 2-2, 3-4 no desempate por grandes penalidades.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Platiny, 11 minutos.

1-1, Bryan Róchez, 59.

1-2, André Luís, 76.

2-2, Bryan Róchez, 78.

Marcadores no desempate por grandes penalidades

0-1, André Luís.

1-1, Bryan Róchez.

1-2, Jean Felipe.

2-2, Pedro Perotti.

2-3, João Teixeira.

2-3, João Camacho (defesa do guarda-redes).

2-3, Platini (defesa do guarda-redes)

3-3, Vítor Gonçalves.

3-4, Gamboa.

3-4, Kalindi (ao lado).

Equipas:

- Nacional: Daniel Guimarães, Kalindi, Júlio César, Rui Correia, Witi, Alhassan, Rúben Micael (Jota, 81), Káká (Vítor Gonçalves, 60), Brayan Riascos (Pedro Perotti, 90), João Camacho e Bryan Róchez.

(Suplentes: Nuno Campos, Jota, Pedro Perotti, Kenji Gorré, Nuno Borges e Vítor Gonçalves).

Treinador: Luís Freire.

- Desportivo de Chaves: Igor, Rafael Viegas, Hugo Basto, Diego Galo, Jean Felipe, Gamboa, Jefferson (João Teixeira, 62), Costinha, Wagner (André Luís, 70), João Paredes (Tanko, 88) e Platiny.

(Suplentes: Ricardo, André Luís, João Teixeira, Carlos David, Marlon, Calasan e Tanko).

Treinador: José Mota.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Hugo Basto (45+1) e Vítor Gonçalves (88).

Assistência: cerca de 450 espectadores.