TVI: Bruno Paixão suspeito de receber milhares de euros do "saco azul" do Benfica

TVI: Bruno Paixão suspeito de receber milhares de euros do "saco azul" do Benfica
Redação

Contactado pela estação de televisão, o ex-árbitro admitiu ter recebido dinheiro da Best for Business, do empresário José Bernardes - que já é arguido no processo Saco Azul -, mas por prestar "um serviço de controlo de qualidade"

As perícias financeiras realizadas pela Polícia Judiciária (PJ) e pelo Ministério Público à empresa informática, que terá servido de saco azul ao Benfica - pela forma como recebeu 1,9 milhões de euros do clube por serviços de consultoria fictícios - detetaram pagamentos de milhares de euros ao árbitro Bruno Paixão. Segundo a notícia avançada esta segunda-feira pela TVI, "os indícios no processo são de corrupção desportiva".

Contactado pela estação de televisão, o ex-árbitro admitiu ter recebido dinheiro da Best for Business, do empresário José Bernardes, arguido no processo Saco Azul, mas por prestar "um serviço de controlo de qualidade", acrescentando tratar-se de coincidência o facto de ter trabalhado para José Bernardes durante épocas em que era árbitro profissional.

"Conheço José Bernardes, e, aqui há uns anos, durante alguns meses, tentei implementar um sistema de controlo de qualidade, o ISO 9001, na empresa Best for Business."

A TVI acrescenta que esta informação foi incorporada noutra investigação ao Benfica por corrupção desportiva, que foi originado do chamado "Caso dos e-mails", relacionado com o Benfica, que veio a público em 2017.