O dia seguinte ao fecho do mercado: mudanças no Sporting, despedidas e revelações

O dia seguinte ao fecho do mercado: mudanças no Sporting, despedidas e revelações

O mercado fechou na segunda-feira, mas o dia seguinte foi fértil em novidades, com destaque para o Sporting.

O mercado fechou, mas nem por isso este dia de terça-feira deixou de ter novidades quentes. A começar, claro está, pelo Sporting. Depois de ter garantido as chegadas de Jesé Rodríguez, Bolasie e Fernando, por empréstimo, o clube leonino anunciou a saída de Marcel Keizer do comando técnico.

O treinador holandês, que falou sobre a saída do clube, vai ser substituído de forma interina por Leonel Pontes, que chega ao comando com uma série vitórias na equipa sub-23. Será rendido por Emanuel Ferro, que conhece bem a casa.

Voltando aos reforços, Fernando foi apresentado esta terça-feira e prometeu golos, já Bolasie deixou um obrigado nas redes sociais depois de no domingo ter feito um desabafo.

Nas saídas, e foram algumas, é impossível passar ao lado da mensagem de Wallyson, que até pediu desculpa por tantas lesões. Jefferson, que também rescindiu, deu destaque ao termo gratidão.

Todas estas mexidas em Alvalade deram origem a algumas críticas, como é o caso da de José Maria Ricciardi, candidato derrotado nas últimas eleições. "Depois vamos vender o quê? O relvado?", questionou.

No Benfica, Svilar explicou a permanência na Luz e contas feitas Vieira atingiu um novo recorde com a chegada de Morato.

Tranquilo no fecho do mercado, o FC Porto continuou com Aboubakar no plantel, apesar do interesse do Besiktas num empréstimo. O avançado camaronês, que teve de recuperar de problemas físicos, está pronto para vir a ser um reforço ao longo da temporada.

Aproveitando o estatuto de desempregado, o Chaves reforçou o meio-campo com experiência. Já o Boavista fez um balanço e anunciou uma saída... que ainda mal tinha chegado.

Aproveitando a palavra balanço, nada melhor do que recordar uma lista de craques que viraram pechinchas, ou visualizar a lista dos maiores negócios do verão, que tem um português no topo.

Lá por fora, como não destacar Ben Arfa, internacional francês que está sem clube e falou de excitação. "É como uma mulher...", atirou. Já Modric continua no Real Madrid, mas revelam que podia muito bem ter mudado de ares. No inverno há mais mercado e também promete.