Inquérito do Ministério Público às revelações feitas pelo FC Porto e que visam o Benfica

Inquérito do Ministério Público às revelações feitas pelo FC Porto e que visam o Benfica

De acordo com o Expresso, foi recebida uma denúncia anónima sobre o caso divulgado pelo diretor de comunicação e informação do FC Porto.

O Ministério Público vai abrir um inquérito à alegada troca de e-mails entre o ex-árbitro Adão Mendes e Pedro Guerra, diretor de conteúdos da BTV, divulgada na terça-feira à noite pelo diretor de comunicação e informação do FC Porto, Francisco J. Marques.

O Expresso, que avança com a informação, dá conta de uma denúncia anónima relativa ao caso, que, por sua vez, foi encaminhada para o DIAP de Lisboa, confirmada pelo próprio Ministério Público.

Entretanto, o DN publicou a declaração de uma fonte oficial do gabinete de Joana Marques Vidal, Procuradora-geral da República: "Confirma-se que foi recebida uma denúncia anónima, através da plataforma do DCIAP, e a mesma foi encaminhada para o departamento do Ministério Público competente - o DIAP de Lisboa - com vista a instauração de inquérito". O mesmo jornal adianta que que a investigação é relativa a "corrupção de atos desportivos".

Francisco J. Marques falou de um "esquema de corrupção de árbitros para favorecer o Benfica", divulgando o conteúdo de supostos e-mails trocados por Adão Mendes e Pedro Guerra.