Jorge Coroado poderá ser candidato ao Conselho de Arbitragem

Jorge Coroado poderá ser candidato ao Conselho de Arbitragem

Ex-árbitro admite a possibilidade num artigo de opinião publicado, esta sexta-feira, n'O JOGO. Uma candidatura independente e equidistante de quaisquer apoios clubísticos está a ser ponderada.

Jorge Coroado, ex-árbitro e colunista de O JOGO, poderá vir a avançar com uma candidatura ao Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, que vai a votos em junho. A hipótese é admitida pelo próprio no artigo de opinião que assina, esta sexta-feira, n'O JOGO.

Crítico dos vícios de funcionamento do actual Conselho de Arbitragem, presidido pelo também ex-árbitro Vítor Pereira - que já fez saber não estar disponível para novo mandado -, Jorge Coroado, 59 anos, pondera a formalização de uma candidatura independente e equidistante de quaisquer apoios clubísticos.

"Arrogo-me o direito de estar no topo", texto de opinião de Jorge Coroado na edição E-PAPER