Jogo da Santa Casa entra na ajuda aos refugiados

Jogo da Santa Casa entra na ajuda aos refugiados
Rodrigo Cortez

Ministro da Solidariedade, Trabalho e da Segurança Social alude a uma ajuda indireta do Placard (novo jogo de apostas) na rede de apoio aos refugiados.

Pedro Mota Soares, ministro da Solidariedade, Trabalho e da Segurança Social, explicou esta terça-feira que as receitas do Placard, jogo de apostas desportivas agora lançado pela Santa Casa, podem ajudar indiretamente a rede de apoio aos refugiados que está a ser preparada em Portugal.

"Parte destas verbas é para ser usada na rede de apoio aos refugiados que está a ser prevista. Estamos a trabalhar num plano de ação para uma ajuda efetiva. Este jogo significa a entrada de mais receitas na Santa Casa, que também é parte importante na rede de apoio aos refugiados", declarou o ministro, à margem do lançamento do Placard, hoje, na sede do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórida de Lisboa (DJSCML).

Já a partir das 8h00 desta quarta-feira, 9 de setembro, os cidadãos portadores de número de identificação fiscal português podem, através do Placard, passar a apostar em resultados de futebol, ténis e basquetebol.

O jogo estará disponível, em exclusivo, nos 4500 pontos de venda da rede de mediadores Jogos Santa Casa, onde habitualmente se registam os boletins de euromilhões, totoloto ou outros jogos sociais organizados por esta entidade.

Com um montante base de aposta entre um e cem euros, o eventual prémio varia consoante o tipo de aposta definido pelo jogador.