O que dizem os regulamentos em caso de subida administrativa à I Liga

O que dizem os regulamentos em caso de subida administrativa à I Liga

Subida administrativa do Gil Vicente abre espaço à descida de três clubes da I Liga, mantendo-se a subida dos dois primeiros classificados do segundo escalão.

A subida administrativa do Gil Vicente à I Liga em 2019/20, anunciada esta terça-feira pela Liga, depois de um acordo alcançado pelo clube de Barcelos e pelo Belenenses, vai implicar mudanças no que toca aos moldes da descida de clubes ao segundo escalão.

De acordo com o artigo 21-A do regulamento de competições, vão descer três equipas da I Liga em 2018/19, uma vez aquando "da despromoção determinada pela decisão judicial anulada" foi integrado um clube que disputou a I Liga, neste caso, o Belenenses, em 2005/06: o clube do Restelo viu a decisão revertida.

Desse modo, poderão subir duas equipas da II Liga ao primeiro escalão, como acontece atualmente, mais o Gil Vicente, pela via administrativa.