Proença anuncia castigos para quem disser mal do futebol profissional

Proença anuncia castigos para quem disser mal do futebol profissional

Pedro Proença anunciou esta quinta-feira, à margem do congresso "The Future of Football", em Alvalade, a criação de novos regulamentos que permitam castigar fortemente quem critica os árbitros, a competição ou os adversários.

"Enquanto gestor de uma atividade que é o futebol-indústria não gostamos de assistir a este tipo de situações. O quadro regulamentar que existe não foi feito por mim e também não tive possibilidade de acrescentar valor ao quadro disciplinar. Estamos a trabalhar, porém, nesse tema e teremos uma época 2016/17 completamente diferente nessas circunstâncias: iremos penalizar quem efetivamente não souber defender o futebol-indústria", afirmou.

O presidente da Liga quer que as pessoas do futebol respeitem a modalidade, e sobretudo respeitem o campeonato nacional, não levantando a voz para dizer que é sujo.

"A Liga saberá encontrar uma forma de penalizar toda e qualquer pessoa que diga mal do futebol profissional. É isso que acontece em todas as grandes organizações internacionais, é isso que acontece nos modelos de sucesso da FIFA e da UEFA, que estão respaldados pelo modelo de defesa do futebol, e é isso que tem de acontecer em Portugal. É isso que vamos fazer através dos regulamentos", referiu.

"Se os clubes vão aceitar? Têm que aceitar, porque estas são as boas práticas internacionais. Sabemos que há resistências, mas obviamente que, enquanto presidente da Liga, tudo farei para que as mesmas se esbatam. É esta a minha função e estarei nele enquanto tiver forças. A disputa deve ser feita dentro das quatro linhas. Fora delas há propriedades comuns que os clubes do futebol profissional têm de saber defender."