Pedro Proença: quatro anos para a Liga dar "o salto para a excelência"

Pedro Proença: quatro anos para a Liga dar "o salto para a excelência"
Mónica Santos

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, esteve na cerimónia de posse dos órgãos sociais da Liga, no Porto. Nenhum dos presidentes dos três grandes compareceu e o FC Porto nem sequer esteve representado.

Pedro Proença, 48 anos, foi esta sexta-feira empossado para um segundo mandato na presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, depois de ter recebido 95,8 por centos dos votos, no ato eleitoral do dia 12. Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, José Pereira, presidente da ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol) estiveram na cerimónia, na sede da Liga, no Porto, onde o Benfica esteve representado por Sílvio Cervan e o Sporting por Patrícia Silva Lopes. O FC Porto não se fez representar.

António Silva Campos, Álvaro Braga Júnior e Francisco Dias da Silva, presidentes de Rio Ave, Boavista e Gil Vicente, respetivamente, também acompanharam o ato de posse.

Depois de quatro anos empenhado em devolver a normalidade e a estabilidade à Liga, Pedro Proença assumiu agora uma lista de 11 objetivos estratégicos cujo primeiro ponto é a "estimular a competitividade" das competições profissionais e que inclui também a determinação de "contrariar algumas das idiossincrasias culturais que dificultam a implementação do modelo de negócio mais vantajoso" e a implementação de um "novo modelo de governação", reclamado pelo G15, que agrega os clubes para lá dos três mais ricos.

No discurso de posse, o presidente agora reconduzido no cargo, Pedro Proença agradeceu a "confiança" dos clubes, o desempenho dos trabalhadores da Liga. "Credibilizar as nossas competições enquanto espetáculo e enquanto negócio", investir no "projeto de internacionalização" e no "combate à manipulação e corrupção, em colaboração com a FPF" contam-se entre as prioridades para os próximos quatro anos, período durante o qual Proença quer ver a Liga dar o "salto para a excelência" a todos os níveis.

O ex-árbitro Pedro Proença junta-se a Valentim Loureiro na lista restrita dos que cumpriram mandatos consecutivos e o antigo presidente (também) do Boavista fez questão de passar na sede da Liga, no Porto, para o felicitar.

Eis a lista dos órgãos sociais da Liga empossados para o mandato 2019/2023:
Presidente: Pedro Proença
Mesa da Assembleia Geral
Presidente: Mário Costa
Vice-Presidente: Rui Pedro Neves da Costa Azevedo
Secretário: André Duarte de Matos Faria
Secretário: António Francisco Gaspar Lança Schwalbach
Conselho Fiscal
Presidente: Carlos Manuel Baptista Branco
Vice-Presidente: Paulo Pimenta Machado
Vogal: António Fernando Mesquita Barbeitos
Suplente: Pedro Alexandre Tardão Lima Pimentel Alves
Conselho Jurisdicional
Presidente: Américo Joaquim Pires Esteves
Vogais: João Fernando Magalhães, João Orlando Vieira de Carvalho, Pedro João Alves Carneiro Marques,
Margarida Eugénia Dias Ferreira, João Gayo,, Maria João Ramos Monteiro Soares Ribeiro
Suplentes: Andreia Lisete Miranda da Silva, Filipe António Carvalho de Sousa Basto, Natacha Carvalho Soares, Sérgio Fernandes Seco de Castro Nabais