Pedro Proença vai integrar Comité do Futebol da UEFA: "Um reconhecimento merecido"

Pedro Proença vai integrar Comité do Futebol da UEFA: "Um reconhecimento merecido"

A Associação das Ligas Europeias de Futebol Profissional e a UEFA passam a cooperar entre si.

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, vai integrar o Comité para o Futebol da UEFA, no âmbito da cooperação entre a Associação das Ligas Europeias de Futebol Profissional (EPFL) e o organismo europeu.

O anúncio feito hoje pela EPFL - apesar de a decisão emanar do congresso da UEFA, realizado em 25 e 26 de fevereiro, em Bratislava - dá conta de "uma nova era de cooperação" entre os dois organismos, que "se reflete na inclusão oficial de representantes das ligas europeias na estrutura da UEFA".

"Estou, naturalmente, muito honrado com a nomeação da Liga Portugal para um dos comités permanentes da UEFA, o que acontece pouco tempo após o reconhecimento oficial do papel fundamental das ligas profissionais no desenvolvimento do futebol", disse Pedro Proença, em declarações publicadas no site oficial da liga de clubes.

Para Pedro Proença, trata-se de "um reconhecimento merecido", assinalando que todos os membros da EPFL estão "empenhados no trabalho em prol do desenvolvimento da mais importante modalidade desportiva na Europa, nomeadamente no que diz respeito aos seus impactos socioeconómicos".

Também o secretário de Estado da Juventude e Desportodestacou a nomeação: "O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença, acaba de ser nomeado para o Comité do Futebol da UEFA, em representação da Associação das Ligas Europeias de Futebol Profissional. O futebol português continua a honrar o País."

O presidente da EPFL, o sueco Lars-Christer Olsson, passou a ser membro do Comité Executivo da UEFA, o órgão de cúpula do organismo regulador do futebol europeu, no qual o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, tem assento como vice-presidente.