FPF assina protocolo que facilita inscrição de jogadores amadores

FPF assina protocolo que facilita inscrição de jogadores amadores

Este contrato de desenvolvimento desportivo permitirá que as inscrições dos atletas dos clubes de Pombal sejam integralmente suportadas pela Câmara local.

Fernando Gomes, presidente da FPF, assinou o protocolo com a Câmara de Pombal, representada pelo seu presidente Diogo Mateus, e com a Associação de Futebol de Leiria, numa medida pioneira no distrito, que vai permitir que os clubes amadores de Pombal não tenham de assumir qualquer custo nas inscrições dos seus jogadores. O concelho de Pombal tem cerca de dois mil praticantes de futebol e futsal federados, que passam a estar abrangidos por esta medida.

Em declarações depois da cerimónia muito concorrida, Fernando Gomes sublinhou a importância deste contrato-desenvolvimento: "Gostaria de agradecer à Câmara Municipal de Pombal pela visão que revelou na assinatura deste protocolo."

"Esta medida, por um lado, vai contribuir para um desenvolvimento muito mais sustentado dos clubes deste concelho, libertando-os de custos, que, na sua maior parte, estavam alocados ao futebol de formação. Por outro, e através da nossa parceria com as escolas do concelho, vamos poder formar melhor e generalizar ainda mais a nossa base de recrutamento, integrando o futebol e futsal escolares na família do futebol federado", explicou.

FPF, o Município de Pombal e a associação de Leiria comprometeram-se igualmente a incrementar e generalizar ainda mais a prática do futebol no pré-escolar através do ABC do futebol e no primeiro ciclo com a prática do futebol de rua, em articulação com os agrupamentos de escolas de Pombal.

O presidente da FPF mostrou-se ambicioso em relação ao alcance global deste plano e o seu contexto estratégico: "Queremos generalizar este exemplo de boas práticas em todos os concelhos do país. Estas medidas estão inseridas no objetivo estratégico de incremento do número de praticantes de futebol e futsal no país. Os nossos índices de prática desportiva ainda são muito inferiores aos dos nossos congéneres europeus e estamos muito empenhados em alterar este panorama", finalizou.