Caso dos emails: árbitros notificados para prestarem declarações

Caso dos emails: árbitros notificados para prestarem declarações

Iniciativa terá partido de José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem.

A Comissão de Instrutores da Liga notificou, esta sexta-feira, os árbitros principais para que estes sejam ouvidos enquanto testemunhas no âmbito do caso dos emails. A iniciativa terá partido de José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem, que já havia solicitado a cooperação dos árbitros para esclarecer os contornos do caso.

Recorde-se que há mais de um mês, o Conselho de Arbitragem da FPF havia solicitado à Comissão de Instrutores da Liga que os árbitros pudessem prestar declarações a fim de esclarecer os assuntos em que, alegadamente, estavam envolvidos no caso dos emails. Pedido que foi, então, recusado pela CI da Liga.

Dado este passo, o Conselho de Arbitragem vê concretizada a pretensão de que o processo seja célere, pelo que os árbitros deverão ser chamados a prestar declarações já na próxima semana. Sublinhe-se ainda que o processo foi aberto pela Conselho de Disciplina, quando foram feitas as denúncias.

O caso dos emails, recorde-se, foi revelado pelo FC Porto no verão de 2017 e implica o Benfica num esquema que envolve a arbitragem portuguesa, tendo já dado azo a uma investigação por corrupção por parte da Polícia Judiciária.