Nova era no futebol: as novas leis

 foto CHRISTIAN BRUNA

Entraram esta quarta-feira em vigor as novas regras do futebol, saídas da última reunião da IFAB e aprovadas pela FIFA. Jorge Coroado dá conta da nova redação das principais mudanças

As principais mudanças:

1 - Pode-se misturar relva natural com relva artificial no mesmo campo de jogo.

2 - Se um jogador suplente, treinador ou membro da equipa entrar no terreno de jogo, interferindo, interrompendo-o ou jogando a bola, será castigado com pontapé livre direto ou penálti. Se for alguém estranho ao jogo, este recomeçará com lançamento de bola ao solo. Se a bola for para golo e a interferência não impedir o jogador defesa de jogar a bola, esse golo será válido mesmo havendo contacto com a bola, a menos que esta entre na baliza contrária.

3 - A roupa interior de um jogador tem de ser da mesma cor dos calções de jogo. Se um jogador sai de campo para mudar de chuteiras, poderá regressar ao jogo mediante autorização da equipa de arbitragem (4º árbitro) sem que o jogo esteja interrompido.

4 - Um árbitro pode expulsar um jogador se este cometer uma falta grave antes do começo de jogo (Ex: durante inspeção do campo ou aquecimento dos jogadores - agressões no túnel) qualquer outra infração será relatada à entidade organizadora. Os cartões amarelos, contudo, só podem ser exibidos durante o jogo. Os jogadores lesionados na sequência de faltas para cartão amarelo ou vermelho podem ser assistidos sem abandonar campo.

5 - O tempo gasto pelos jogadores a beber passa a contar também para definir o desconto de tempo ou tempo extra no final da partida.

6 - No início do jogo pode-se jogar a bola para trás e não obrigatoriamente para a frente como até agora.

7 - Na discussão por grandes penalidades, se uma equipa tem mais jogadores que a outra, tem de reduzir o seu número até igualar a adversária. O objetivo é que nenhuma equipa fique beneficiada podendo o seu melhor executante executar duas vezes antes do seu pior executante.

8 - As mãos e os braços já não contam para fora de jogo incluindo os guarda-redes. As faltas por fora de jogo serão cobradas no sítio onde o jogador interferiu ativamente no jogo.

9 - Uma falta com contacto é um pontapé livre direto. Uma intenção violenta, mesmo que não exista contacto, é castigada com cartão vermelho.

10 - Se um pontapé de canto dá diretamente origem a um autogolo (na baliza do executante), é pontapé de canto para a equipa adversária.

11 - Em caso de prolongamento de jogo, cada equipa pode fazer uma quarta substituição.

12 - O sistema de vídeo arbitragem será testado durante dois anos, somente para aferição de golos. Não se aplicará a tirar dúvidas sobre foras de jogo.