Ginásio Figueirense volta ao futebol

Ginásio Figueirense volta ao futebol
Lusa

O Ginásio Clube Figueirense, um dos clubes mais antigos do país, anunciou esta terça-feira o regresso ao futebol, modalidade que abandonou em 1972, com três equipas de escalões de formação

O regresso do Ginásio Figueirense (GCF), fundado em 1895, à prática do futebol vai formalizar-se através de uma parceria com a Academia 94, inaugurada no início do mês na Figueira da Foz, e inclui equipas de escalões etários entre os quatro e os 14 anos, foi esta terça-feira anunciado em conferência de imprensa.

"Este projeto é uma mais-valia para o clube e para a cidade. Vamos ter aqui mais uma escola de campeões", disse Ana Rolo, presidente do Ginásio Clube Figueirense.

Já Nuno Maurício, da Academia 94, frisou que o projeto da academia de futebol pretende proporcionar a prática da modalidade a jovens "desde tenra idade até às idades já aptas a competir" a nível local, regional e nacional, em futebol de sete e de 11.

"A aposta nesta parceria com o GCF adveio de termos constatado a necessidade dos pais deste concelho em poderem assegurar aos seus filhos a prática de futebol, de uma forma sustentada e estável", argumentou.

De acordo com Nuno Maurício, a prática da modalidade não se irá cingir às instalações da Academia - que possui dois campos relvados sintéticos de futebol de sete - exigindo "necessariamente" treino exterior, nomeadamente nas instalações municipais existentes.

O projeto hoje apresentado inclui ainda uma vertente social, através da atribuição de bolsas anuais de prática desportiva a 20 jovens carenciados do concelho da Figueira da Foz, que serão indicados pela Misericórdia - Obra da Figueira e outra de cidadania, sustentada num quadro de honra da Academia.

"Vamos ter um quadro de honra para os melhores atletas, que se destaquem não só na prática desportiva, mas também em aspetos como a pontualidade, educação, disponibilidade e espírito de grupo, associados ao desempenho escolar. Mais do que atletas, preocupa-nos formar homens e mulheres", advogou.

As equipas de futebol irão competir sob a designação Meo Kids Academia 94 Ginásio, sendo "a primeira vez" que a marca do grupo Portugal Telecom se envolve num projeto destas características a nível nacional, assinalou, por seu turno, Marta Trigoso, diretora do serviço Meo Kids.

Com o regresso ao futebol, praticado no clube entre 1907 e 1972, que se vem juntar ao basquetebol, remo, natação, orientação, tiro, voleibol, halterofilismo, kick-boxing e triatlo, o Ginásio Clube Figueirense passa a dispor de 10 modalidades competitivas, em cinco das quais alcançou, na última época, 25 títulos nacionais.