Manuel Cajuda: "Emails? Há 20 anos eram os faxes"

Manuel Cajuda: "Emails? Há 20 anos eram os faxes"

Em entrevista à Renascença, o treinador português lamentou o atual estado do futebol português.

Manuel Cajuda lamentou o atual momento que atravessa o futebol português e afirma-se "desiludido" pelo ambiente de crispação sentido, mas garante que tal "não é novidade".

"Imaginemos que estamos numa sala, onde se joga o futebol dentro das quatro linhas. Aí houve evolução, pouca, mas houve. Mas quando se olha pela janela, os vidros estão sujos e, fora das quatro linhas, tudo cada vez pior. Tenho pena, porque já conhecia todas estas coisas há 20 anos. Só não era com emails. Na altura, eram os faxes", apontou, em entrevista à Renascença.

O treinador, que está de regresso a Portugal depois de um ano na China, onde orientou o Sichuan Annapurna, está à espera de convites. "Sou português e gostaria de trabalhar aqui, mas não vejo grande vontade dos clubes para que trabalhe cá. Não sei porque será, mas é capaz de se entender que sou um treinador do século passado, desatualizado e muito caro. Pode também ter a ver com o estatuto que atingi no futebol português. As pessoas pensam que só estou interessado em trabalhar em grandes equipas ou nas melhores equipas, o que não é verdade", referiu, depois de fazer um balanço positivo da experiência no futebol chinês.