Exclusivo A era do futebol "high-tech": "Tudo o que beneficia o treino deve ser utilizado"

A era do futebol "high-tech": "Tudo o que beneficia o treino deve ser utilizado"
Cláudia Oliveira

Ao mesmo tempo que as novas ferramentas dos treinos pretendem aprimorar o atleta e evitar o imprevisto, a FIFA estuda hipótese de alterações às regras para dar mais ritmo ao jogo e estimular a emoção

Imaginem um treino de uma qualquer equipa de futebol. Qual a imagem que vos surge? Atletas a correr de um lado para o outro, com uma bola, seguindo as instruções de um treinador, cuja voz pode surgir mais estridente em caso de má execução do exercício? O treinador no meio de um círculo a desenhar num quadro as dinâmicas que pretende ver na equipa? Esqueçam essa imagem!

Os treinos das equipas de futebol têm evoluído ao ritmo da tecnologia. José Mourinho chegou a Roma e deu nas vistas - nada a que não esteja habituado - pela forte vertente tecnológica do seu treino. O treinador português filma os treinos com recurso a drones que disponibilizam de imediato as imagens numa tela gigante para que todos vejam o que deve ser corrigido, ou não.