"Subida à II Liga? Mais valia tirarem duas bolinhas de um saco"

"Subida à II Liga? Mais valia tirarem duas bolinhas de um saco"

Benfica e Castelo Branco quer marcar reunião com a FPF.

O Benfica e Castelo Branco quer uma reunião com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para que esta "repense" a decisão de promover Vizela e Arouca à II Liga.

"Propomos o alargamento dos quatro competitivos. Se não formos ouvidos, pediremos uma compensação pelos danos financeiros", afirmou Jorge Neves, presidente dos albicastrense, numa conferência de Imprensa onde esteve ladeado por Luís Correia, líder da autarquia, e Manuel Candeias, presidente da AF Castelo Branco.

"Mais valia tirarem duas bolas de uma bolsinha. Ou então que subissem os quatro líderes e já havia igualdade", atirou, dizendo-se "espoliado" por uma decisão que "não tratou bem a verdade desportiva". "Este processo teve tudo menos transparência e justiça".

Jorge Neves disse, ainda, que o BC Branco ficou a treinar dois meses "para nada". "A 9 de abril disseram-nos que íamos disputar o play-off. Ninguém na FPF nos contactou depois de divulgarem o comunicado da subida e sabemos que este não foi o procedimento com outros clubes", acusa.

De recordar que a FPF anunciou a promoção de Vizela e Arouca à II Liga, após dar por terminado o Campeonato de Portugal 2019/20.