Sindicato dos Jogadores repete apoio financeiro a jogadores do Rio Maior

Sindicato dos Jogadores repete apoio financeiro a jogadores do Rio Maior

O Fundo de Garantir Salarial foi acionado pela primeira vez neste caso no final de 2022

O Sindicato dos Jogadores (SJPF) revelou ter acionado "pela segunda vez esta temporada" o Fundo de Garantia Salarial para apoiar os futebolistas da Rio Maior SAD, vítimas de consecutivos salários em atraso.

"Pela segunda vez na temporada 2022/23, o Sindicato dos Jogadores acionou o Fundo de Garantia Salarial para apoiar os jogadores da Rio Maior SAD e responder às suas necessidades mais urgentes. O Sindicato dos Jogadores continua a acompanhar este caso, em articulação com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF)", revelou o organismo, em curto comunicado.

Na quarta-feira, o SJPF reuniu com o plantel da SAD do Rio Maior, do Campeonato de Portugal, para discutir a "gravidade" da persistência do atraso no pagamento dos ordenados.

"Os jogadores têm enfrentado uma situação particularmente difícil desde o início da época, face à instabilidade diretiva e aos atrasos sucessivos no pagamento dos salários, não se verificando, neste momento, apesar dos contactos regulares com a administração da SAD, uma solução que garanta a sustentabilidade financeira do clube", denunciou, na altura, o organismo.

O Fundo de Garantir Salarial foi acionado pela primeira vez neste caso no final de 2022, sendo que o sindicado e os futebolistas continuam a guardar a apresentação de uma "solução concreta" por parte da entidade patronal.