"Os Belenenses" apontam "danos irreparáveis" causados pela "conduta da SAD"

"Os Belenenses" apontam "danos irreparáveis" causados pela "conduta da SAD"

Elenco diretivo liderado por Patrick Morais de Carvalho nota que o clube do Restelo "não tem qualquer vínculo ou ligação" à entidade residente no Jamor

A direção do Clube de Futebol "Os Belenenses", a reboque do sucedido no jogo entre a SAD belenense e o Benfica, e os inerentes desenvolvimentos e mediatismo internacional, expressou lamento e inconformismo por ver o nome da entidade originária de Belém ligado a "um dos mais tristes episódios" do futebol português.

Num comunicado intitulado "Conduta da SAD causa danos irreparáveis ao Belenenses, o clube do Restelo "lamenta e não se conforma que, em todo o Mundo, o seu emblema e o seu nome estejam a ser conotados com um dos mais triste episódios de que há memória no futebol português", lê-se na rede social Facebook.

A direção liderada por Patrick Morais de Carvalho nota, também que o clube "não tem qualquer vínculo ou ligação à SAD", por, "entre outras razões", considerar essa ligação como "penoso encargo reputacional, materialmente insustentável".

No passado dia 30 de outubro, o Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa deliberou que Os Belenenses, que militam no Campeonato de Portugal, e a SAD azul, a atuar na Liga Bwin, são entidades sem qualquer ligação identitária.

O TJCL "reconhece que o Clube já não é acionista da SAD, porque a venda da participação social que detinha foi válida", e "afirma que o nexo identitário entre a SAD e o clube já se quebrou definitivamente", pois "o Clube já não é o clube fundador da SAD" e esta "já não é a sociedade desportiva do Clube".

"Os Belenenses" expressaram, assim, repúdio por "a SAD insistir em se apresentar perante o mundo como Belenenses e que a Liga Portugal seja cúmplice nesse atentado à identidade, ao nome, valores e às marcas" do clube do Restelo.