O país está num alvoroço, mas em Portugal já há quem festeje um título

O país está num alvoroço, mas em Portugal já há quem festeje um título

Campeonato dos Açores ainda não acabou, mas já tem um vencedor, que vai subir ao Campeonato de Portugal.

O desporto anda num alvoroço para perceber quando - e se - terá condições para retomar a prática, mas o Rabo de Peixe, clube do concelho da Ribeira Grande (São Miguel, Açores), já tem a época feita. Os insulares carimbaram o título do Campeonato Regional dos Açores, antes de o coronavírus paralisar o futebol, e já sabem que na próxima época vão disputar o Campeonato de Portugal.

"A nossa vitória está num segundo plano, atendendo à situação que o país atravessa", afirma o presidente Jaime Vieira, que, contudo, não deixou de reconhecer que o Rabo de Peixe deve ser dos clubes mais descansados do país. "Não andamos na incerteza", admite. Porém, o dirigente explicou por que razão o campeonato não deve ser homologado com a classificação atual, quando ainda falta disputar sete jornadas. "Não sabemos quantos clubes açorianos vão descer do CdP", justificou.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS

De resto, participar nos nacionais será uma novidade para o Rabo de Peixe. "É o concretizar de um sonho de uma vila que já merecia. A subida ao CdP vai dinamizar esta zona da ilha, onde ainda existem inúmeros problemas sociais, mas é uma vila com grande pujança empresarial. Queremos passar e ficar no CdP", atira. Para isso, Jaime Vieira, que também é presidente da Junta de Freguesia de Rabo de Peixe, vai pedir ajuda às empresas e... aos emigrantes. "Temos uma comunidade muito apegada ao desporto e vários adeptos radicados no Estados Unidos da América e no Canadá. Este será um projeto onde queremos contar com todos", frisa.