Outro caso de racismo em Portugal: Arouca faz queixa por Sheriff

Outro caso de racismo em Portugal: Arouca faz queixa por Sheriff
Cláudia Oliveira

Tópicos

Na queixa feita pelo Arouca ao Conselho de Disciplina da FPF é relatado que Sheriff foi vítima de insultos racistas quando, depois de ser assistido, saiu do relvado. CD abriu processo.

Marega, e a sua decisão de abandonar o retângulo de jogo no Estádio D. Afonso Henriques, deu dimensão e trouxe para a praça pública a discussão sobre o racismo. No entanto, outros casos existem. Com menos visibilidade, no Campeonato de Portugal, Sheriff Mohammed, avançado do FC Arouca, viveu situação idêntica.

Natural de Tema, no Gana, na receção ao Lourosa, no passado dia 2 de fevereiro, o atleta precisou de ser assistido pela equipa médica. Como mandam as regras, teve de sair de jogo para depois ser autorizado pelo árbitro a reentrar. Nesse momento, de acordo com o descrito pelo Arouca na queixa que apresentou, foram ouvidos sons a imitar macacos, tal como no caso do avançado portista, vindos da zona do estavam adeptos do Lourosa.

Artigo completo na edição desta quinta-feira de O JOGO