Internet é opção para a Assembleia Geral do Vitória de Setúbal

Internet é opção para a Assembleia Geral do Vitória de Setúbal
Miguel Nunes Azevedo

Tópicos

Presidente da Mesa da AG garante que a reunião magna vai para a frente e que, no caso de esta não receber luz verde das autoridades competentes, decorrerá com recurso a meios eletrónicos.

Em comunicado, o presidente da mesa da AG do V. Setúbal voltou a sublinhar a necessidade de uma reunião magna e garantiu que a mesma vai ter lugar em breve, com a internet como alternativa no caso de uma eventual rejeição por parte do delegado de saúde.

"A assembleia geral para discussão da atual situação do Vitória vai ser marcada, por iniciativa do PMAG, depois de consultados os nossos advogados. Essa será realizada com a presença física dos associados, o mais desejável, após ser obtida a autorização e a definição das condições pelo delegado de saúde regional. Não sendo tal possível, decorrerá com recurso a meios eletrónicos, que estão a ser preparados", assegurou.
Em causa estão as várias questões levantadas pelos sócios, que continuam sem resposta do clube quanto ao momento atual, o futuro imediato e as consequências da queda ao Campeonato de Portugal. Contudo, Cândido Casimiro pede aos vitorianos que não descartem o clube nas contas da I Liga: "O Vitória, pelo menos, até ao dia 18, continua na I Liga porque nenhuma das muitas decisões da Liga transitou em julgado. Gostaríamos que os vitorianos interiorizassem este sentimento e que deixassem de pensar e escrever que o Vitória já está no Campeonato de Portugal, pois falta a decisão final dos tribunais."

O PMAG deixou ainda o apelo a que os sócios paguem as quotas e revelou o início de uma campanha de solidariedade que visa "angariar os fundos necessários que permitam suportar os encargos com os processos judiciais e outros, pendentes ou futuros", tais como custas, taxas de justiça, honorários de advogados ou a realização da auditoria.