Salários em atraso, dono da SAD doente e época em causa no Olhanense

Salários em atraso, dono da SAD doente e época em causa no Olhanense
Hélio Nascimento

Tópicos

Luigi Agnolin, o dono da SAD e do futebol, está gravemente doente, e os problemas de tesouraria avolumam-se, pondo em causa a próxima época.

O Olhanense vive, provavelmente, os dias mais difíceis e ingratos da sua história recente, passando por graves problemas de tesouraria, que impedem o normal planeamento da próxima época, ao mesmo tempo que jogadores reclamam vencimentos em atraso e abandonam o clube. Urge encontrar novos investidores, uma vez que o italiano Luigi Agnolin, proprietário da SAD, está bastante doente desde o início do ano e nunca mais se deslocou a Olhão, fruto da doença (do foro oncológico) e dos muitos tratamentos a que tem de se submeter. Por tabela, deixou de satisfazer os compromissos inerentes ao dia a dia do futebol.

As dificuldades aumentaram precisamente a partir de janeiro, quando Agnolin - um antigo árbitro de primeira linha - ficou enfermo e deixou de acompanhar o clube, cuja história é centenária, com períodos de enorme fulgor. Há atletas a reclamar quatro meses de salário por pagar, embora Luís Torres, elemento da SAD que está sozinho no meio deste vulcão, fale em apenas dois meses. Certo é que Materazzi, Ivo Nicolau, Pedro Dias, Parreira e os seis emprestados já estão fora dos planos para 2018/19, sendo provável que a maioria do plantel siga o mesmo caminho.

Os rubronegros disputaram o Campeonato de Portugal e não conseguiram a qualificação para a fase derradeira, terminando a Série E no terceiro lugar, logo atrás dos dois apurados. O treinador Nilton Terroso também é carta fora do baralho, e Ivo Soares, apontado como provável sucessor, passou a ser, apenas e para já, uma "intenção". Ou seja, a indefinição que paira no José Arcanjo tende a agravar-se.

Para o clube sobreviver é preciso arranjar soluções, sobretudo ao nível de novos investidores. É o que Luís Torres procura encontrar, por cá, enquanto em Itália as pessoas mais próximas de Luigi Agnolin, que o têm acompanhado no Olhanense, procedem da mesma maneira. Como se sabe, o Campeonato de Portugal não gera receitas, o que também tem contribuído para esta enorme sufoco.