Ricardo Sousa apresentado no Beira-Mar já elege os candidatos à subida

Ricardo Sousa apresentado no Beira-Mar já elege os candidatos à subida
Jorge Maia Valente

Tópicos

Treinador abraça um projeto de dois anos no clube onde venceu uma Taça de Portugal como jogador.

Ricardo Sousa foi apresentado como treinador do Beira-Mar, que subiu ao Campeonato de Portugal, liderando um projeto de dois anos que pressupõe estabilidade no primeiro e ataque à subida no segundo. "Não somos candidatos à subida. Para isso existem seis equipas, Arouca, Lourosa, Espinho, Trofense, Felgueiras e Sanjoanense. Vamos enfrentar um campeonato muito difícil, com orçamentos gigantescos, e aquilo que queremos este ano é estabilidade", resumiu o treinador.

A ambição competitiva do Beira-Mar estará presente "com uma equipa que vai lutar por cada jogo, intensa e disposta a deixar os adeptos orgulhosos", preparando o caminho do futuro. "O Beira-Mar está num processo de renascimento que tem de ser mantido com equilíbrio e estabilidade", disse. O plantel "está a ser formado" apontando a jogadores "com experiência", porque "a exigência será mais alta", mas dentro das possibilidades do clube.

Ricardo Sousa, que se fará acompanhar de Cílio Sousa (adjunto), Nuno Troia (preparador-físico), Miguel Menezes (treinador de guarda-redes) e ainda mais um adjunto que será conhecido nos próximos dias, não escondeu a satisfação e emoção pelo regresso ao Beira-Mar. "É o meu clube. Desde que falaram comigo sobre a possibilidade de treinar o Beira-Mar, não quis saber de mais nenhuma proposta que tinha", rematou.