Olhanense e árbitros esperaram meia hora, mas Casa Pia não apareceu

Olhanense e árbitros esperaram meia hora, mas Casa Pia não apareceu

Em comunicado, o Casa Pia sublinhou que o árbitro deu o jogo por terminado.

O jogo Olhanense-Casa Pia, da 30.ª jornada do Campeonato de Portugal, que havia sido interrompido no domingo aos 81 minutos, não foi retomado esta segunda-feira devido à ausência dos lisboetas.

Depois de a Federação Portuguesa de Futebol ter ordenado que os nove minutos em falta fossem cumpridos, os jogadores do Olhanense e os árbitros compareceram no Estádio José Arcanjo às 16h00 e esperaram meia hora, sem efeito, pela equipa lisboeta.

A vitória na secretaria, por 3-0, deverá ser atribuída oficialmente ao Olhanense por falta de comparência do adversário, de acordo com responsáveis do clube algarvio.

O jogo tinha sido interrompido com 1-2 no marcador, na sequência do segundo golo do Casa Pia, por suposta tentativa de invasão de campo, sendo que os adeptos locais alegam ter sido provocados por "gestos obscenos" de jogadores adversários.

Em comunicado, o Casa Pia sublinhou que o árbitro deu o jogo por terminado, como consta do seu relatório, pelo que a decisão da federação de mandar retomar a partida "não tem qualquer fundamento jurídico/regulamentar".