"Já tivemos jogos com 2000 pessoas, podemos passar para o dobro"

"Já tivemos jogos com 2000 pessoas, podemos passar para o dobro"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A época de António Dias Silva, conhecido para o futebol como Tonau, tem sido atribulada: começou na AD Oliveirense e prossegue agora uma divisão abaixo mas no histórico Tirsense

A época de António Dias Silva, conhecido para o futebol como Tonau, tem sido atribulada. O treinador iniciou a temporada na AD Oliveirense, mas saiu do emblema do Campeonato de Portugal ao fim de quatro jogos (nos quais ganhou dois), num despedimento ocorrido em setembro que foi controverso depois de os minhotos terem mudado de SAD. Em outubro, surgiu uma nova oportunidade para o técnico que desceu um degrau e aceitou o desafio de comandar o Tirsense na Série 2 da Divisão de Elite da AF Porto. Quando Tonau entrou, os jesuítas tinham seis pontos à sétima jornada e estavam em 13º lugar. Dez jogos volvidos, o Tirsense é agora terceiro e fez 27 pontos em 33 possíveis com o técnico no comando que ainda não perdeu ao cabo de onze partidas. "Coloquei humildade, disciplina, rigor e muito trabalho. Este é o meu ADN do qual não abdico", vinca.

No entanto, o treinador lembra que a luta é bem feroz na AF Porto. "São 36 clubes para um lugar de subida direta e há equipas muito bem apetrechadas", afirma ressalvando, contudo, que lutar para subir é quase uma obrigação dado o histórico do Tirsense. "Um clube desta dimensão merece outro patamar", opina. Tonau soma por vitórias os sete encontros disputados em casa, para o campeonato, e para isso tem contado com um estádio bem composto. "Já tivemos jogos com 2000 pessoas, mas podemos passar para o dobro", refere.

Quanto à saída da AD Oliveirense, Tonau reafirma a intenção de procurar justiça nos tribunais e salienta que ainda sonha com outros voos. "Não cometi nenhuma ilegalidade. Estava a fazer um início de época fantástico. Sair da AD Oliveirense e vir para o Tirsense foi não ter medo de dar um passo atrás. O Tonau gosta de futebol, gosta de treinar e por isso é que desceu um degrau. Ainda espero que um dia alguém que reconheça e se lembre do Tonau", termina.