Agressor assume o erro e arrasa dirigentes do Canelas

Agressor assume o erro e arrasa dirigentes do Canelas

Marco Gonçalves usou as redes sociais para deixar uma mensagem a propósito da agressão ao árbitro José Rodrigues

Marco Gonçalves, o avançado do Canelas que no domingo agrediu violentamente o árbitro José Rodrigues aos 2' do encontro com o Rio Tinto, usou as redes sociais para voltar a pedir desculpa ao juiz e assumir que cometeu um erro, mas também aproveitou para criticar duramente os responsáveis do seu clube, nomeadamente o presidente Bruno Canastro. "Só para acabar com esta cena que infelizmente aconteceu.: arrependo-me de tudo. Peço desculpa principalmente ao árbitro e à família. Mas afirmo aqui que estes dirigentes do Canelas não podem falar assim tão mal de mim porque nunca me disseram na cara que me dispensaram, assim como nunca disseram que tive culpa em tudo o que se passou. Sou culpado, sim. E assumo. Agora, fazerem-se de santinhos e mandarem para mim tudo o que se passou... isso não admito. Sou culpado pelas minhas atitudes, mas não me venham tapar os olhos. Assumo o que fiz, sou mais homens que vocês, cobardes", escreveu no Facebook.

Marco Gonçalves, recorde-se, foi ouvido na segunda-feira no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, ficando com termo de identidade e residência e, ainda, proibido de contactar árbitros e frequentar recintos desportivos. O jogador vai responder pelo crime de ofensa à integridade física qualificada.