"Foi um jogo heróico e curvo-me perante a grandeza dos meus jogadores"

"Foi um jogo heróico e curvo-me perante a grandeza dos meus jogadores"

Declarações de Filipe Moreira, treinador do Torreense, que esta terça-feira derrotou o Leiria, por 1-0, na primeira jornada da Fase de Subida do Campeonato de Portugal:

Filipe Moreira ficou orgulhoso com a vitória do Torreense, por 1-0, diante do Leiria, na primeira jornada da zona sul da fase de acesso à Liga SABSEG. O treinador lembrou as dificuldades que a equipa teve depois de ter sido assolada por um surto de covid-19. "Precisamos de comer para viver. Agora metam isto numa equipa de futebol com covid. Vinte jogadores com covid-19 durante 12 dias. Tomámos o pequeno almoço, o almoço, mas nunca conseguimos ter uma relação equilibrada com os alimentos. Faltou-nos o lanche e o jantar. Quando não se consegue ter uma alimentação equilibrada, quando a equipa não está preparada para fazer 90 minutos ao mais alto nível, temos que ter uma estratégia diferente e hoje foi um jogo muito tático. Chamava campeões aos meus jogadores por direito próprio e antes do jogo chamei-lhes heróis.", disse depois do jogo.

"Só quem passa por isto, ter dois treinos e fazer um jogo destes, só tenho que me curvar perante a minha equipa técnica e dar um abraço solidário ao meu plantel pelo sofrimento atroz que tiveram. Às vezes o futebol dá-nos estes pequenos milagres. Não podíamos dividir o jogo de igual para igual, fomos felizes marcando primeiro, precisávamos dessa vitamina, Vitamina A, B e C, não houve proteínas nem hidratos de carbono, mas houve vitaminas. As Linhas de Torres, que eram as linhas defensivas, hoje foram os adeptos, a nossa claque, a nossa cidade. A linha ofensiva foram os jogadores. Foi um jogo heróico e curvo-me perante a grandeza dos meus jogadores".