António Pereira, treinador do V. Setúbal: "As pessoas estão magoadas"

António Pereira, treinador do V. Setúbal: "As pessoas estão magoadas"
Miguel Nunes Azevedo

Consciente das dificuldades da Liga 3, o treinador António Pereira garante que ainda é "precoce fazer prognósticos", mas frisa que o V. Setúbal é uma equipa "de I Liga"

Depois de uma temporada marcada pela adversidade, o V. Setúbal prepara-se para disputar a Liga 3 com o objetivo de subir à II Liga, ficando mais perto do lugar que perdeu no verão de 2020. António Pereira, o novo treinador do emblema sadino, quer dar alegrias aos adeptos, mas sublinha que não está no Bonfim "para fazer milagres". "O Vitória, em tudo o que entra, entra para ganhar. Fazer prognósticos ainda é precoce. Há que fazer muita coisa, nomeadamente ganhar os jogos, e estamos a trabalhar para que isso aconteça. Isto não vai ser um Campeonato de Portugal, uma II Divisão B ou um CNS. Nesta divisão estão os melhores, vai ser muito competitivo", afirmou o técnico, defendendo que "ter uma boa equipa e bons executantes" será a chave para o sucesso.

O técnico, de 64 anos, não tem dúvidas que "o Vitória é de I Liga" e admite que ter público nas bancadas será uma mais-valia. "Depois do que a massa associativa passou, as pessoas estão magoadas. A cidade e os sócios merecem a I Liga e vão dar-nos alguma força", afirmou.
A ideia é também defendida pelo guarda-redes João Valido, que espera uma época positiva: "Diziam que por sermos jovens, não haver público foi bom por não haver pressão, mas isso não corresponde à verdade. Como jogadores, o nosso sonho é jogar perante um estádio cheio", atirou o atleta de 21 anos.


O guarda-redes, que ficou no Bonfim após a queda ao Campeonato de Portugal, sublinha que a motivação passa por atingir o objetivo que escapou na temporada passada. "Depois do que aconteceu ao clube, tínhamos o objetivo claro de conseguir chegar à II Liga, mesmo com todas as dificuldades. Este ano o objetivo passa pelo mesmo: lutar todos os jogos para conseguir a subida. Enquanto jogadores temos de ter essa responsabilidade", rematou. O primeiro jogo dos sadinos na Liga 3 é frente ao Amora, no próximo sábado.