Paulo Estrela: "Estou pronto para outros voos e para dar o salto no Portimonense"

Paulo Estrela: "Estou pronto para outros voos e para dar o salto no Portimonense"
João Fernando Vieira

Tópicos

Paulo Estrela, 23 anos, chegou ao Algarve há três épocas, proveniente do FC Porto, e tem o desejo de se estrear ainda este ano na equipa principal. Crescer é a palavra de ordem e o médio ainda tem muito espaço para evoluir. Por agora, vai-se mostrando como um médio talentoso e almeja ganhar o seu espaço na equipa principal.

A Liga Revelação é um viveiro de promessas para o futebol português e Paulo Estrela não passa despercebido. O médio, de 23 anos, começou para o futebol no Paços de Ferreira, clube da terra natal, mas foi no FC Porto que deu nas vistas, afirmando-se como uma promessa a ter em conta e adicionou vários troféus ao palmarés, entre os quais uma Youth League.

Nesses tempos, Estrela, atleta ambicioso, diz ter evoluído muito e assume ter um lugar especial no coração para a formação azul e branca.

"Foram dez anos de categoria. É mais fácil ganhar títulos no FC Porto, a mentalidade é completamente diferente. Foram tempos de sucesso e tenho orgulho de ter representado esse grande clube. A conquista da Youth League foi um grande momento para mim", conta o médio a O JOGO.

A cumprir a terceira época no Portimonense, o internacional jovem português capitaneia os sub-23 e é uma das peças fulcrais na Liga Revelação. Paulo Estrela tem consciência do que vale, mas também do que ainda precisa fazer para continuar a crescer.

"Acho que sou um médio inteligente e com qualidade de passe. Sei ler bem o jogo e percebo os seus momentos. Também me considero forte nas bolas paradas, mas acima de tudo sou um jogador muito trabalhador", descreve, convencido que "o melhor ainda está por chegar".

"Sinto que é neste clube que vou triunfar. Tenho feito boas épocas e sinto que estou próximo do meu objetivo. Quero muito estrear-me na equipa principal e espero que seja ainda este ano. Estou pronto para outros voos e para dar o salto no Portimonense", remata Estrela, que leva 19 jogos e dois golos pelo Portimonense, quinto classificado na fase de apuramento de campeão.

Tudo pela Taça Revelação

Numa temporada em que o principal objetivo do emblema algarvio foi alcançado - o apuramento para a fase de campeão de sub-23 -, Paulo Estrela revela que, a um jogo do final da Liga Revelação e com o título já entregue ao Estoril, o objetivo da equipa é, agora, a Taça Revelação, da qual os canarinhos são também detentores. " Vamos defrontar o Estoril na última jornada, mas já a pensar na Taça Revelação. É uma prova onde queremos chegar longe e temos qualidade para isso. Independentemente do adversário, queremos ganhar", diz o capitão dos algarvios.

A Seleção Nacional é outro dos sonhos de Estrela, que fez parte da geração campeã europeia de sub-17 e sub-19, embora não tenha vencido nenhum dos títulos. Para além da Youth League (2019) pelo FC Porto, o médio-defensivo conquistou a FA International Cup, em 2015, ao lado de gente como Diogo Costa, Diogo Dalot, Rafael Leão, Gedson Fernandes, Diogo Queirós e Rúben Vinagre, colegas de seleção que atualmente jogam ao mais alto nível e que lhe alimentam a ambição de alcançar os mesmos patamares competitivos.