Liga Revelação abriu a porta das oportunidades a André Seruca

Liga Revelação abriu a porta das oportunidades a André Seruca
Filipa Mesquita

Tópicos

Esta temporada, o central André Seruca, capitão dos sub-23, já foi chamado por duas ocasiões à equipa principal dos algarvios. "É importante existir esse voto de confiança", assumiu

No Farense desde a temporada 2017/18, com uma passagem pelos juniores do Tondela pelo meio, André Seruca é um dos jogadores que tem feito parte dos eleitos dos sub-23, mas que também já foi chamado, por duas ocasiões, à equipa principal, onde ambiciona ter um lugar a curto prazo. "Não estava à espera de ser chamado já, mas é uma prova que o meu trabalho e a minha dedicação foram recompensados. É importante existir este voto de confiança das equipas principais, apostar nos jovens. Isso demonstra que este campeonato tem qualidade, porque não sou o único caso. Fico muito contente", referiu o central de 20 anos.

Nos sub-23, o defesa foi opção em quatro jogos na época que marca a estreia dos algarvios na Liga Revelação. "Em termos de resultados, não tem sido positivo, isso é notório, mas a verdade é que muitos dos jogadores que estão connosco estão a jogar pela primeira vez numa realidade assim. Depois de algumas mudanças, acho que as coisas já estão a ficar melhores. Acredito que na segunda volta vamos fazer uma melhor campanha e que resultados mais positivos vão começar a aparecer", perspetivou, analisando ainda a importância da competição no crescimento dos jogadores.

"Esta competição é muito boa, jogamos contra jovens que têm muita qualidade e pertencem todos a equipas, por assim dizer, grandes em Portugal. Acho que é uma boa montra para todos. Estando nos sub-23, o objetivo é procurar um espaço na equipa principal e, assim que formos chamados, tentarmos contribuir da melhor forma possível", referiu.

Depois de já se ter estreado na equipa principal e de treinar regularmente com o plantel de Fernando Pires, André Seruca não escondeu a ambição. "Quero ter um lugar na equipa principal, esse é o objetivo de todos os jogadores. Quero tentar ajudar o clube a cumprir os seus objetivos, seja nos sub-23 ou na equipa principal", assumiu o central.

Capitão nunca desiste

Com um arranque do campeonato aquém do desejado, André Seruca tem um papel importante no balneário. Como capitão de equipa, o central passa mensagens de incentivo aos colegas. "Normalmente costumo dizer que esta competição é serve para evoluirmos. É aqui que podemos cometer todos os erros para não os voltarmos a repetir mais tarde, num campeonato onde existam subidas ou descidas", defendeu, explicando quais os pontos que aborda no balneário: "Passo sempre a mensagem que temos de continuar a trabalhar, de cumprir o que o míster nos pede e tentar sempre, dia a dia, jogos após jogo, evoluir o máximo possível para que as coisas acabem por surgir naturalmente." Para Seruca, o mais importante numa equipa é uns puxarem pelos outros e não deixar que alguém deite a toalha ao chão. "Digo-lhes, muitas vezes, para não desanimarem, para continuarem sempre a lutar pelos objetivos pessoais e pelos objetivos do clube", contou.
Além de se inspirar nos capitães da equipa principal, o defesa tem Cristiano Ronaldo como referência. "Fico surpreendido com tudo o que ele faz", elogiou.