Jogadores do Varzim ficaram sem chuteiras após assalto ao estádio

Jogadores do Varzim ficaram sem chuteiras após assalto ao estádio

O clube da Póvoa do Varzim foi vítima de um assalto, na passada madrugada.

O estádio do Varzim, clube que milita na II Liga, foi na madrugada deste sábado assaltado, tendo os ladrões levando as chuteiras da maior parte do plantel.

A informação foi veiculada pelo clube nortenho, que no seu site oficial, lembrou que este foi o segundo assalto às suas instalações num espaço de seis meses.

"Os assaltantes repetiram os métodos para entrar nas instalações do clube, tendo acedido à zona dos balneários, rouparia e serviços administrativos", divulgou o emblema da Póvoa de Varzim.

Segundo o clube, "em véspera de jogo [frente ao Vitória de Guimarães B], 90 por cento dos jogadores do plantel do Varzim ficou sem o seu material de trabalho, designadamente as chuteiras".

O Varzim informou, ainda, que "a PSP esteve nas instalações do Clube a tomar conta da ocorrência e a efetuar as devidas diligências".

Recorde-se que no último assalto ao estádio dos poveiros, em maio deste ano, tinha sido roubado uma quantidade significativa de produtos oficiais do Varzim além de equipamentos informáticos.