Quim Machado: "Sou um treinador que também gosta de ganhar"

Quim Machado: "Sou um treinador que também gosta de ganhar"

Quim Machado foi apresentado esta segunda-feira como novo treinador do Santa Clara, sucedendo a Daniel Ramos que é agora técnico do Marítimo.

O novo treinador do Santa Clara, Quim Machado, quer "dar continuidade" aos bons resultados que colocaram a equipa nos primeiros lugares da II Liga.

"Tenho de destacar o excelente trabalho do Daniel Ramos, mas daqui para a frente é um novo ciclo, sou um treinador que também gosta de ganhar e vou fazer tudo para o conseguir", assumiu Quim Machado, na conferência de imprensa de apresentação da nova equipa técnica do Santa Clara.

Quim Machado reconhece que "é muito difícil de igualar no futebol português" o feito de Daniel Ramos, que antes de sair para o Marítimo da I Liga colocou o Santa Clara no segundo lugar da II Liga, com menos um jogo do que o Portimonense, atual líder.

"Uma equipa que consegue fazer seis vitórias e um empate em sete jogos para o campeonato, acho que é muito difícil de fazer isso, muito mais na II Liga, porque o campeonato é muito competitivo, muito difícil, as equipas são muito iguais, não é fácil ganhar dois jogos, quanto mais cinco", reconhece Quim Machado.

Apesar de a direção do clube ter pedido a Quim Machado para dar continuidade às vitórias, o técnico não teme o "julgamento das pessoas acerca do que vai acontecer a seguir", porque se assume como um treinador sem medo "de correr riscos", apesar de considerar mais vantajoso "pegar" numa equipa ganhadora.

"É mais fácil, acho que está aqui uma mentalidade, aquela dinâmica da vitória que é importante nas equipas. Nesta altura, o Santa Clara tem uma vantagem significativa, é mais fácil, porque os jogadores estão motivados, é mais fácil trabalhar com vitórias", assumiu.

Na ocasião, o presidente do Santa Clara destacou a "postura de humildade, transparência, de união, de garra, de vontade de vencer e de perseverança" que encontrou em Quim Machado para ser treinador do Santa Clara.

"O míster Quim Machado encaixa no perfil traçado pelo clube para dar continuidade ao bom trabalho que tem sido conseguido", sublinhou Rui cordeiro.

O dirigente assumiu que "as negociações" para chegar a um consenso com o treinador Quim Machado foram difíceis, mas que se conseguiu chegar a "bom porto".

"O 'casamento' é até ao final da época com renovação de 'segundas núpcias' por mais um ano. É esse o objetivo que nós queremos, que seja um casamento feliz até ao final da época", ironizou.

O Santa Clara recebe na próxima quarta-feira em casa o Varzim, em jogo da nona jornada da II Liga.