"Jackson veio dar algo que faltava"

"Jackson veio dar algo que faltava"

Apesar das diferenças, o treinador do clube algarvio confidenciou que grande parte da preparação se centrou no trabalho ofensivo. O FC Porto que se cuide.

O treinador do Olhanense disse hoje que espera obter, no sábado, "um bom resultado" diante do FC Porto, na terceira ronda da I Liga de futebol, considerando que o campeão está "mais forte" do que na época passada. "As nossas perspetivas passam por um bom resultado. E um bom resultado passa por não perder. Temos de estar, a todos os níveis, no nosso melhor e estamos a trabalhar, ao longo da semana, para apresentar uma equipa competitiva", disse Sérgio Conceição.

Sobre os campeões nacionais, Conceição considerou que valem "pelo coletivo", acrescentando que, na sua ótica, o jogo com o Vitória de Guimarães (4-0), na última jornada, terá sido "o mais conseguido" desde que Vítor Pereira assumiu o comando técnico dos "dragões". O treinador do Olhanense frisou que o FC Porto está "mais forte" do que na época passada, justificando. "O Jackson veio dar algo que faltava. Depois há a grande mobilidade do Hulk e do Atsu, as permutas do Moutinho e do Lucho. É uma equipa de muita mobilidade e disponibilidade, que joga em pressão alta e mete muita gente na frente", observou.

Para contrariar o FC Porto, o Olhanense terá de jogar "organizado, compacto, com as linhas juntas e com muita solidariedade, para depois poder contra-atacar com perigo", afirmou Conceição, que até revelou um "segredo" da preparação para o jogo. "Eles sabem que vão encontrar um Olhanense difícil de defrontar e com vontade de pontuar. Até vos posso revelar que esta semana cerca de 80 por cento do nosso trabalho passou pela organização ofensiva. Estamos com esperança, fé e determinação", sublinhou.