Um festival de golos na Madeira

Marítimo B e Aves empataram num jogo com seis golos, cinco deles na primeira parte

Marítimo B e Aves empataram 3-3, em encontro da 37ª jornada da II liga , num festival de golos, cinco deles apontados na primeira parte. A equipa da casa colocou-se em vantagem logo aos quatro minutos, num lance em que Edivândio recuperou a bola a Romaric e serviu Amar, que rematou por baixo de Quim.

O conjunto da Vila das Aves conseguiu empatar aos 25 minutos, quando Diogo Pires ganhou a bola no ar, assistindo Pedro Pereira, que fintou o guardião José Sá e finalizou. O empate só durou um minuto, pois, aos 26, Rúben Brígido faz uma excelente arrancada pela esquerda, picando a bola sobre Quim e rematando para a baliza vazia.

Rúben Brígido voltou a deixar a sua marca no jogo três minutos depois, ao apontar o canto que Fábio Santos concluiu de pé direito, ampliando a vantagem dos "verde-rubros". Mas, o festival de golos não ficou por aqui, pois, aos 36 minutos, o lateral Jorge Ribeiro fez o corredor esquerdo inteiro, recebeu a bola já na grande área e rematou de ângulo apertado para o fundo das redes insulares.

A qualidade de jogo quebrou na segunda parte, com Armando a tentar aumentar a vantagem, aos 54 minutos, mas a ver o seu remate bloqueado pela mancha de Quim. Aos 67 minutos, o Aves restabeleceu a igualdade, num momento em que estava por cima do jogo, com Jaime Poulson, que havia entrado ao intervalo, a surgir sozinho pela direita, assistindo Andrew, que, no coração da área, concluiu sem dificuldades.

A partir do 3-3, o jogo ficou partido, com qualquer uma das equipas a poder levar de vencido o jogo. A melhor oportunidade pertenceu ao Marítimo B, já aos 90+1 minutos, num lance em que Fábio Abreu fez o mais difícil e rematou por cima.

Com este empate, o conjunto madeirense, na luta pela manutenção, passa a somar 42 pontos, enquanto o Aves, com 59, fica mais longe dos lugares de subida.

Jogo no Estádio da Imaculada Conceição, no Funchal

Marítimo B - Aves, 3-3.

Ao intervalo: 3-2.

Marcadores:

1-0, Amar, 4 minutos.

1-1, Pedro Pereira, 25.

2-1, Rúben Brígido, 26.

3-1, Fábio Santos, 29.

3-2, Jorge Ribeiro, 36.

3-3, Andrew, 67.

Equipas:

- Marítimo B: José Sá, Tiago, Fábio Santos, Ricardo Alves, Armando, João Luiz, Filipe Oliveira (Ricardo Fernandes, 61), Amar, Jorge Chula (Kukula, 76), Rúben Brígido e Edivândio (Fábio Abreu, 76).

(Suplentes: Rui Vieira, Luís Miguel, Ricardo Fernandes, André Ferreira, Kukula, Fábio Abreu e Carlos Daniel).

Treinador: Ivo Vieira.

- Aves: Quim, Filipe, Romaric, Miguel Vieira, Jorge Ribeiro, Grosso, Tito, Pedro Pereira, Diogo Pires (Jaime Poulson, 46), Vasco Rocha (Renato Reis, 77) e Andrew (Rúben, 82).

(Suplentes: Ricardo, Rúben, Renato Reis, Leandro, Valente, Jaime Poulson e João Paulo).

Treinador: Fernando Valente.

Árbitro: Paulo Baptista (Portalegre).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tito (09), Vasco Rocha (19), Jorge Chula (43), João Luiz (68), Amar (80) e Armando (90+2).

Assistência: Cerca de 150 espetadores.