Associado mais antigo da Académica de Coimbra faleceu

Associado mais antigo da Académica de Coimbra faleceu
Redação

Tópicos

Jorge Condorcet Reis Pais Mamede era o único sócio que detinha um emblema de platina a simbolizar... 75 anos de ininterrupta filiação ao clube dos estudantes

A cor preta da Académica tem um "novo" significado. O clube anunciou, esta segunda-feira, que Jorge Condorcet, associado número um, faleceu. Para trás, ficam 75 anos de filiação (desde 1943) ao emblema de Coimbra.

"A direção da Associação Académica de Coimbra/OAF comunica, com enorme pesar, o falecimento do seu sócio número um, Jorge Condorcet Reis Pais Mamede", pode ler-se na publicação feita na página oficial de Facebook.

A Académica aproveitou o anúncio do óbito para remeter, além das condolências, palavras elogiosas à ligação e contributo dado pelo malogrado associado ao clube conimbricense.

"Sócio da Briosa desde 1943, Jorge Condorcet personificava, de forma exemplar, o que é ser um académico, tendo estado presente em praticamente todos os momentos marcantes da história da nossa instituição", refere a nota.

Jorge Condorcet Reis Pais Mamede foi o único associado da Académica a ser distinguido, até à data, com o emblema de platina, no caso a 30 de março de 2019, ato que simbolizou a filiação ininterrupta de 75 anos ao clube dos estudantes.

A direcção da Associação Académica de Coimbra/OAF comunica com enorme pesar o falecimento do seu sócio número um, Jorge...

Posted by Associação Académica de Coimbra / OAF on Monday, 1 March 2021