"Não pensamos na subida, só estamos concentrados em vencer o FC Porto B"

"Não pensamos na subida, só estamos concentrados em vencer o FC Porto B"
António S. Fonseca

Tópicos

Ben Traoré, um dos totalistas da equipa na Liga SABSEG, tem o sonho de jogar na Champions, mas agora só pensa em vencer o FC Porto B. Para os jogos do campeonato, o Leixões já não vence há três jornadas, no entanto, a vitória a contar para a segunda eliminatória da Taça de Portugal deixou a equipa "confiante e moralizada".

O médio-defensivo Ben Traoré, a par do guarda-redes Quentin Beunardeau, são os únicos totalistas do Leixões na Liga SABSEG. Um registo que deixa o costa-marfinense satisfeito.

"Estou muito feliz no Leixões e é bom saber que sou importante no clube. Ainda há dois anos estava no Campeonato de Portugal e agora sou um dos totalistas da equipa. É sinal que estou a trabalhar bem e isso deve-se ao apoio de toda a estrutura do Leixões. No entanto, sinto que ainda posso dar mais", começou por dizer o médio.

Nos últimos três jogos do campeonato, os leixonenses perderam dois e empataram um, ainda assim, o médio acredita que vão dar a volta já no jogo contra o FC Porto B, no próximo sábado, às 11 horas.

"São fases. Podíamos ter mais pontos, mas agora só nos resta pensar em ganhar o próximo jogo. Vimos de uma boa vitória na Taça de Portugal e a equipa está confiante e moralizada em voltar às vitórias no campeonato", garantiu.

Sobre a hipótese de o Leixões lutar pela subida à Liga Bwin, Ben Traoré foi categórico. "Não pensamos na subida. O nosso foco é pensar jogo a jogo. Só estamos concentrados em vencer o FC Porto B", frisou, apesar de revelar que "adorava" subir ao principal escalão com a camisola do Leixões. Sobre os portistas, Ben Traoré deixou rasgados elogios.

"Vai ser um jogo muito difícil. É uma equipa de grande qualidade, com jovens com muito potencial e futuro. Temos de nos apresentar ao nosso melhor nível. Vamos dar tudo para ganhar e subir na classificação", desejou.

Recentemente, a SAD do Leixões e o jogador chegaram a acordo para a renovação de contrato até 2025. "A renovação mostra a confiança que o Leixões tem em mim e a felicidade que tenho em aqui estar. A minha casa é o Leixões e estou grato em aqui estar. Vou dar sempre tudo por esta camisola e por estes adeptos, jogando sempre nos limites. Depois, o que vier será por acréscimo. Todos têm o sonho de jogar ao mais alto nível, na Liga dos Campeões, mas só tenho o Leixões no pensamento", concluiu o médio.