Nacional impôs a terceira derrota consecutiva à Académica

Nacional impôs a terceira derrota consecutiva à Académica

Em Coimbra, a equipa da casa terminou o jogo com dez jogadores

O Nacional impôs a terceira derrota consecutiva à Académica, ao vencer em Coimbra por 2-1, num encontro da quinta jornada da II Liga, em que os estudantes terminaram reduzidos a 10 elementos.

A equipa madeirense marcou aos 25 e aos 52 minutos, por Rochez e Camacho, respetivamente, enquanto a Académica ainda empatou, aos 49, por Chaby.

Numa primeira parte com poucas oportunidades de golo, o Nacional adiantou-se no marcador aos 25 minutos, na marcação de uma grande penalidade, convertida por Rochez, que sofreu falta de Mike.

O avançado hondurenho da equipa madeira poderia ter aumentado a vantagem aos 31 minutos, num remate à trave, depois de ganhar a bola no setor recuado da briosa, em resultado de uma má abordagem de Mike.

Dois minutos depois, o jovem avançado academista Derik Lacerda saiu por lesão, entrando para o seu lugar Hugo Almeida.

A única oportunidade de golo dos estudantes na primeira parte aconteceu aos 36 minutos, numa excelente combinação na esquerda entre Mauro Cerqueira e Chaby, que de calcanhar isolou o lateral da Académica, que rematou para grande defesa de Daniel.

Na segunda parte, a Académica chegou à igualdade aos 49 minutos, numa jogada de entendimento na esquerda, com Mauro Cerqueira a colocar em João Mendes, que cruzou para o remate certeiro de Chaby.

Três minutos depois, Camacho aproveitou uma falha na defesa da briosa para fazer o 2-1.

A Académica tentou chegar à igualdade, com destaque para os remates de João Mendes, aos 61 minutos, e Hugo Almeida, aos 75, que proporcionaram as intervenções do guarda-redes Daniel.

Estádio Cidade de Coimbra

Académica - Nacional, 1-2

Ao intervalo: 0-1

Marcadores:

0-1, Rochez, 25 minutos

1-1, Chaby, 49

1-2, Camacho, 52

Equipas:

Académica: Tiago Pereira, Mike, Yuri Matias, Silvério, Mauro Cerqueira, Dias (Dany, 73), Leandro Silva, Ki (Traquina, 46), João Mendes, Chaby e Derik Lacerda (Hugo Almeida, 37)

(Suplentes: Mika, Hugo Almeida, Dany, Traquina, Aeghus, Chérif e Pedro Pinto)

Treinador: César Peixoto

Nacional: Daniel, Kalindi, Rui Correia, Júlio César, Witi, Alhassan, Rúben Micael (Nuno Borges, 79), Vítor Gonçalves, Camacho (Gorré, 77), Rochez e Marco (Paulo Vyctor, 64)

(Suplentes: Gauther, Campos, Diogo Coelho, Pedro Perotti, Gorré, Nuno Borges e Paulo Vyctor)

Treinador: Luís Freire

Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Júlio César (23), Mike (24), Silvério (24), Alhassan (41), Yuri Matias (45+3), Dias (69), Daniel (83) e Rochez (90+4). Cartão vermelho direto para Leandro Silva (89)

Assistência: 1.921 espectadores