Mafra soma três pontos em Coimbra frente à já despromovida Académica

Mafra soma três pontos em Coimbra frente à já despromovida Académica
Redação com Lusa

Tópicos

Dois golos sem resposta, ambos marcados na segunda parte.

O Mafra venceu este sábado, em Coimbra, a já despromovida Académica por 2-0, em jogo da 32.ª jornada da Liga SABSEG, no qual os estudantes apenas se podem queixar da ineficácia atacante.

Os dois golos do Mafra foram apontados no segundo tempo, aos 56 minutos, por Rodrigo Martins, e aos 90+3, por Okitokandjo.

Numa partida para cumprir calendário, a "briosa" mostrou-se desinibida e pertenceram-lhes as melhores oportunidades no primeiro tempo, perante um adversário tranquilo na tabela classificativa.

O primeiro sinal de grande perigo aconteceu aos 14 minutos, num remate de Costinha dentro de área, a que o guarda-redes adversário correspondeu com uma excelente intervenção, numa jogada a culminar um cruzamento atrasado de Traquina.

O Mafra respondeu dois minutos depois por Rodrigo Martins que, dentro da área, rematou contra o corpo do guarda-redes Mika, quando estava em boa posição para abrir o marcador.

Os "estudantes" voltaram a assustar aos 25 minutos, através do avançado João Carlos, melhor marcador da II Liga, que, junto à pequena área remata por cima da trave, depois de um corte defeituoso de um defesa contrário, após cruzamento de Costinha.

Aos 30 minutos, a Académica criou novamente perigo, com Toro a rematar por cima da baliza, após novo cruzamento de Costinha, bastante ativo na direita do seu ataque.

Ainda antes do intervalo, aos 41 minutos, o Mafra dispôs de uma boa oportunidade, mas Rodrigo Martins atirou desenquadrado da baliza, após uma má saída de entre os postes do guarda-redes Mika.

A equipa da região de Lisboa inaugurou o marcador aos 56 minutos, por Rodrigo Martins, que, dentro de área, recebeu a bola de um cruzamento da direita do seu ataque e finalizou ao primeiro poste.

A "briosa" poderia ter empatado aos 73 minutos, num remate de João Carlos travado por uma excelente intervenção do guarda-redes Renan.

Aos 78 minutos, a igualdade esteve novamente à vista, mas o cabeceamento de Jorge Felipe, a culminar um cruzamento de Traquina, levou a bola a tocar o poste e a sair pela linha final.

Já em período de descontos, aos 90+3, numa transição rápida, Okitokandjo surgiu isolamento perante o guarda-redes Mika e fez o 2-0 final.

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica - Mafra 0-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Rodrigo Martins, 56 minutos.

0-2, Okitokandjo, 90+3.

Equipas:

- Académica: Mika, João Diogo (Guilherme, 75), Zé Castro, Jorge Felipe, Fábio Vianna, Dias (Pavlic, 75), Mimito (João Tiago, 88), Traquina, Toro (Reko, 62), Costinha (Fatai, 75) e João Carlos.

(Suplentes: Stojkovic, David Sualehe, João Mário, Fatai, Pavlic, Michael Douglas, Reko, Guilherme e João Tiago).

Treinador: José Gomes.

- Mafra: Renan, Bruno Silva, Inácio Miguel, Pedro Pacheco (Pedro Barcelos, 72), Matheus Oliveira (Aparício, 72), Leandrinho, Francis Cann, Lucas Marques (Bura, 82), Gui Ferreira (João Goulart, 72), Rodrigo Martins e Pedro Lucas (Okitokandjo, 82).

(Suplentes: Miguel Santos, Burra, Pedro Barcelos, Okitokandjo, Rodrigo Gui, Aparício e João Goulart).

Treinador: Ricardo Sousa.

Árbitro: João Pinho (AF Aveiro).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Gui Ferreira (27), Pedro Pacheco (41), Inácio Miguel (87), Bruno Silva (88) e Guilherme (89).

Assistência: 540 espectadores.