Leixões lança Pedras para derrotar Olhanense

Leixões lança Pedras para derrotar Olhanense

Dois golos do avançado Pedras, nos últimos 10 minutos, valeram e uma vitória ao Leixões sobre o Olhanense, em jogo disputado no Estádio do Mar.

A formação algarvia liderou durante grande parte da partida, graças a um golo de Giraldo, aos 13 minutos, mas, na reta final, Pedras bisou no espaço de quatro minutos, assinando a reviravolta, com um golo de cabeça (82) e outro de pontapé de bicicleta (85).

Apesar do arranque forte da equipa da casa, foi o Olhanense a chegar à vantagem ainda no primeiro quarto de hora (13), no único lance em que incomodou Chastre.

Rui Cardoso perdeu a bola no meio-campo, o esférico sobrou para Mastriani, que serviu Giraldo, que com tranquilidade atirou para o fundo das redes.

O Leixões procurou reagir, mas, apesar de ter tido sempre mais bola, não conseguia criar ocasiões claras de golo.

Na etapa complementar, voltou a ser a formação de Matosinhos a que mais procurou lançar-se no ataque, mas os melhores momentos dos homens de Horácio Gonçalves estavam reservados para a reta final.

Por isso, foi preciso esperar até ao minuto 73 para ver a equipa da casa criar uma verdadeira oportunidade: num livre, Pedro Pinto cabeceou para Chiquinho, que rematou com perigo, mas viu Svedkauskas negar-lhe o golo.

Estava dada o aviso - aos 82, Chiquinho arranca um cruzamento da direita e, em esforço, Pedras cabeceia para o empate.

O mesmo Pedras assumir-se-ia como o herói da partida quando, três minutos depois, 'inventou' um pontapé de bicicleta de excelente execução que dita a 'cambalhota' no marcador e o nono triunfo caseiro dos 'bebés do mar'.

O Leixões subiu ao 15.º posto, com 31 pontos, enquanto o Olhanense segue no 19.º, com 27.

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores: 0-1, Giraldo (13 m); 1-1, Pedras (82m); 2-1, Pedras, (85m)

Equipas:

LEIXÕES: Chastre, Gonçalo Graça (Chiquinho, 70), Pedro Pinto, Zé Pedro, João Pedro (Pedro Tavares, 76), Rui Cardoso (Pedras, int), Moedas, Cadinha, Novais, Mendes e Alemão.

(Suplentes: Ricardo Moura, João Viana, Pedro Tavares, Pedras, Yuanyi Li, Chiquinho e Rui André.)

Treinador: Horácio Gonçalves.

OLHANENSE: Svedkauskas, Duarte Machado (Weldon, 87), Nuno Diogo, Diakhité, Pedrelli, Rodrigo António, Diogo Melo, Celestino, André Pires (Bazzoffia, int), Mastriani e Giraldo (Gonzalez, 76).

(Suplentes: Tiago Maia, Vítor Bastos, Weldon, Gonzalez, Faye Balla, Bazzoffia e Buval.)

Treinador: Jorge Paixão.

Árbitro: Luís Ferreira (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Gonçalo Graça (44), Cadinha (57), Bazzoffia (62), Mastriani (75) e Rodrigo António (90).

Assistência: Cerca de 900 espetadores.