"Podia ter treinado o Benfica ou a Seleção, mas houve sempre alguém contra mim"

"Podia ter treinado o Benfica ou a Seleção, mas houve sempre alguém contra mim"

João Alves, de regresso ao banco da Académica, falou sobre o passado e explicou porque opta por não ser representado por um empresário.

Aos 65 anos, João Alves está de regresso ao futebol português para tentar devolver a Académica à I Liga, algo que não passou despercebido no país vizinho, uma vez que o "luvas pretas" chegou a treinar o Salamanca, já depois de ter representado o emblema espanhol como jogador. Em entrevista à agência EFE, o experiente técnico lembrou tempos idos e explicou por que razão opta por não ter um agente em sua representação.

"Há empresários que têm dois ou três clubes, há que parar um pouco e refletir, porque isso é uma barbaridade. Este futebol nada tem a ver com o futebol de há alguns anos", atirou João Alves, antes de afirmar que chegou a encetar contactos para orientar o Benfica e a Seleção Nacional:

"Se tivesse um agente já tinha treinado o Benfica ou a Seleção, sim. Houve contactos nesse sentido, mas nas duas situações houve sempre alguém contra mim, que impediu a concretização", atirou o treinador.