O lastimável estado do relvado do Municipal de Aveiro

O lastimável estado do relvado do Municipal de Aveiro

Clube de Oliveira de Azeméis vai defrontar o Mafra em Matosinhos.

A partida entre a Oliveirense e o Mafra, da II Liga, vai ser disputada no domingo em Matosinhos, devido às más condições do relvado no Municipal de Aveiro, anunciou o clube de Oliveira de Azeméis.

Em comunicado publicado no sítio oficial, o emblema oliveirense referiu que o estado da relva da casa emprestada é um "problema que impede a realização do jogo nas condições mínimas para os atletas e de acordo com os pressupostos da Liga portuguesa para a boa prática do futebol".

"Esta época a União realizou 10 jogos em Aveiro e o mau estado do relvado tem vindo a agudizar-se nos últimos meses, impedindo inclusivamente, que a equipa realize treinos nesse mesmo estádio. A direção da Oliveirense reuniu esta manhã com os responsáveis do Estádio Municipal de Aveiro e acredita que haverá uma solução para breve que não volte a limitar a utilização do relvado", pode ler-se no documento.

Na mesma nota, na qual também se podem ver algumas imagens do relvado, a Oliveirense agradeceu ao Leixões a "cedência" do Estádio do Mar, assim como a colaboração do Mafra e da Liga portuguesa, assegurando aos adeptos que os bilhetes já comprados para a partida e para o autocarro continuam válidos.

À entrada para esta 21.ª jornada, a Oliveirense ocupa o 14.º posto da tabela, apenas um ponto acima da zona de descida, enquanto o recém-promovido Mafra soma 32 pontos e está em 5.º lugar.