Evandro Brandão acaba com o jejum do Leixões

Evandro Brandão acaba com o jejum do Leixões

Equipa de Matosinhos venceu o Arouca por 1-0 em jogo da 26.ª jornada da II Liga.

Um golo de Evandro Brandão, na primeira parte, interrompeu uma série de três derrotas consecutivas do Leixões, que venceu o Arouca por 1-0 em jogo da 26.ª jornada da II Liga. A precisar de ganhar para aumentar a distância para os lugares de despromoção, o Leixões viu-se pressionado pelo Arouca na fase inicial da partida, sem que daí tenha resultado qualquer dano.

Zé Paulo deu o primeiro sinal de perigo, num remate aos 13 minutos que Stefanovic defendeu para a frente surgindo então Erivaldo a atirar por duas vezes à baliza, correspondendo o guarda-redes com duas intervenções felinas a evitar o golo.

Dez minutos volvidos, e após uma reposição de linha lateral de Jorge Silva para a área visitante, Evandro Brandão recebeu no peito e, com um 'pontapé de bicicleta', abriu o marcador.

No regresso dos balneários, a reação do Arouca provocou algumas ameaças, mas foi a equipa da casa quem criou perigo, primeiro num contra-ataque finalizado pelo remate de Erivaldo (57'), antes de Bura (64') tentar um golo olímpico, num remate de 60 metros, desviado para canto por Stefanovic.

Na outra baliza, outras duas grandes defesas de Tony (72' e 78') negaram o empate a Fortes e a Arteaga, num final de partida marcado pela polémica, com Matheus Costa a ver o segundo cartão amarelo (85).

No lance seguinte a equipa visitante reclamou grande penalidade, no lance em que Tony evitou o empate a remate de Arteaga.

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Leixões - Arouca, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcador:

1-0, Evandro Brandão, 23 minutos.

Equipas:

- Leixões: Tony, Jorge Silva, Matheus Costa, Bura, Derick, Amine, Luís Silva, Zé Paulo (Ceitil, 80), Erivaldo (Magno, 79), Roniel (André Clóvis, 62) e Evandro Brandão.

(Suplentes: Luís Ribeiro, Ceitil, Camara, Magno, Pedro Monteiro, Stéphane e André Clóvis).

Treinador: Jorge Casquilha.

- Arouca: Stefanovic, Thales Oleques, Pedro Pinto, Victor Massaia, Kiko, Ericson, Bruno Alves (Soares, 84), Breitner (Arteaga, 62), Bukia, Willian (Adilio, 75) e Fortes.

(Suplentes: Rui Vieira, Benny, Soares, Adílio, Didi, Arteaga e Lumu).

Treinador: Quim Machado.

Árbitro: Rui Costa (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bukia (17), Amine (27), Matheus Costa (37 e 85), Luís Silva (50), Fortes (70) e Arteaga (74). Cartão amarelo por acumulação de cartões amarelos para Matheus Costa (85).

Assistência: cerca de 500 espectadores.