Cova da Piedade com treinador de 27 anos: "Será melhor do que Mourinho"

Cova da Piedade com treinador de 27 anos: "Será melhor do que Mourinho"
João Maia

Tópicos

Hugo Falcão, 27 anos, era adjunto de Eurico Gomes e só será oficializado após selada a saída do antecessor.

Hugo Falcão vai ser o próximo treinador do Cova da Piedade. O técnico, 27 anos, que passará a ser o mais jovem da II Liga - e até dos campeonatos profissionais - já se encontra, na prática, a desempenhar esse papel só que a sua oficialização apenas acontecerá quando for selado o acordo para a saída do antecessor, Eurico Gomes.

Natural de Almada, Hugo Falcão teve uma curta carreira como jogador - era lateral-direito. O agora treinador começou a dar os primeiros toques na bola precisamente nos piedenses, só que aos 15 anos já tinha sido operado aos dois joelhos, lesões que lhe ditaram o fim do percurso como jogador. A paixão pelo treino nasceu e Hugo Falcão foi, durante seis temporadas, adjunto de Sérgio Boris, treinador que guiou o Cova da Piedade dos distritais ao segundo escalão nacional.

O jovem estreou-se, a meio da época anterior, como técnico principal, passo que foi dado no Fabril, onde se cruzou com Faustino Mestre, presidente do clube do Barreiro que, em conversa com O JOGO, teceu grandes elogios a Falcão. Segundo o dirigente, há um novo Mourinho na forja... ou até melhor. "O Hugo foi-me indicado pelo Sérgio Boris. Todos me chamaram maluco por apostar num treinador de 26 anos, mas ao fim de uma semana disse que ele não ia ser o novo Mourinho, mas sim melhor que o Mourinho", afirmou, prosseguindo com a avaliação. "Precisa de manter os pés no chão e de ganhar mais calo no balneário, pois dentro do campo a dar treino ele não é bom, é excelente! Sigam-no, pois vai valer a pena. Foi o melhor treinador que passou no Fabril", reforçou. Para Mestre, o talento é nato. "Muitas das coisas que ele tem foram-lhe transmitidas pelo Sérgio Boris, mas a maior parte da qualidade vem dele próprio. É uma pessoa que emprega paixão em tudo aquilo que faz", frisou o líder do Fabril.