Feirense surpreende turma bilingue no Dia Nacional da Educação de surdos

Feirense surpreende turma bilingue no Dia Nacional da Educação de surdos

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Tópicos

SAD do clube ofereceu puzzles e porta-chaves da mascote Billas a alunos da EREBAS de Santa Maria da Feira e levou até eles uma mensagem em língua gestual de quatro jogadores do plantel

A SAD do Feirense aproveitou o Dia Nacional da Educação de Surdos, assinalado esta sexta-feira, para pôr em prática, novamente, a responsabilidade social e fazer mais uma visita surpresa a uma turma bilingue da EREBAS de Santa Maria da Feira.

Os alunos, com idades compreendidas entre os seis e os dez anos de idade, foram presenteados com puzzles, aos quais se dedicaram de imediato, e porta-chaves personalizados com a imagem da mascote fogaceira: o Billas.

"A comunidade surda, nomeadamente a mais nova e em idade escolar, tem ainda alguns entraves no seu dia-a-dia e esta data serve, precisamente, para diminuir desigualdades e conseguir, por exemplo, uma escola mais inclusiva", assinalou o clube.

A SAD do emblema de Santa Maria da Feira, para contornar as limitações impostas pela pandemia, que impossibilitaram a presença de jogadores da equipa na instituição escolar, apresentou aos alunos um vídeo com Igor Rodrigues, Diga, Cris e Platiny.

Os quatro atletas da equipa da Liga SABSEG expressaram-se, durante alguns segundos, em língua gestual com os petizes - que não tem capacidade auditiva - com perfeita à vontade visto que já haviam feito ações semelhantes por mais do que uma vez.

Também os jovens alunos da EREBAS remeteram, através da iniciativa da SAD do Feirense, uma mensagem de consciencialização para a necessidade da educação de pessoas surdas e um apelo à inclusão escolar das mesmas.

"Nesta data, pretendemos informar e sensibilizar as pessoas para questões relacionadas com a nossa comunidade. Continuamos a defender que os alunos surdos têm o direito a aulas de Língua Gestual Portuguesa. Têm direito a ter intérprete nas suas aulas. A educação e a escola devem ser inclusivas", gesticularam.

A SAD do Feirense, recorde-se, foi distinguida com o Prémio Responsabilidade Social, atribuído regularmente pela Liga Portugal e pela Fundação do Futebol. Esta visita à turma bilingue tratou-se da 31.ª iniciativa solidária feita na presente época.