Estrela da Amadora é o primeiro clube português a lançar um token

Estrela da Amadora é o primeiro clube português a lançar um token

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Miguel Gouveia Pereira

Tópicos

Este ativo digital móvel vai permitir aos sócios e adeptos envolverem-se nos proveitos financeiros da SAD tricolor

O Estrela da Amadora tornou-se o primeiro clube português a lançar um Token, seguindo o exemplo de grandes clubes, como a Roma, Juventus, PSG, Manchester City e Barcelona.

Trata-se de um ativo digital colecionável, onde os adeptos podem envolver-se nos proveitos financeiros das sociedades desportivas.

Aliás, o token dos tricolores, disponível através da plataforma traz uma particularidade: graças a um contrato de associação por participação, os titulares deste token a uma rentabilidade de 5 por cento na venda de jogadores, direitos de formação e solidariedade e da rentabilidade anual da SAD.

Recorde-se que, depois de refundado em 2011, o Estrela da Amadora criou uma SAD em 2020, liderada por André Geraldes, através de fusão com o Sintra Football. Depois de se sagrarem vice-campeões do Campeonato de Portugal, os amadorenses este ano voltam a competir num escalão profissional.