"Convém lembrar que a cláusula é de dois milhões. O Leixões não está em saldos"

"Convém lembrar que a cláusula é de dois milhões. O Leixões não está em saldos"
João Maia/António S. Fonseca

Tópicos

Gonçalo Franco pode estar de saída, mas Paulo Lopo só admite vender num "bom negócio".

Gonçalo Franco está na iminência de ser transferido do Leixões, mas Paulo Lopo, presidente da SAD, deixou a O JOGO uma garantia: não o vai vender ao desbarato. "Somos um clube muito apetecível pelos jovens jogadores, como tem sido notório pelas recentes vendas, e continuaremos a rentabilizar ativos. Temos muito potencial para continuar a valorizar", assinalou.

O médio-ofensivo começou esta temporada nos sub-23 dos matosinhenses, mas acabou por saltar para a equipa principal. Agora, pode valer um considerável encaixe financeiro. Porém, Paulo Lopo assegura que o Leixões terá sempre mão firme nas negociações. "Convém lembrar que a cláusula de rescisão do Franco é de dois milhões de euros. O Leixões não está em saldos. Há clubes interessados nos nossos ativos, mas só sairão se for um negócio bom para nós", esclarece. Entretanto, o avançado Harramiz, de 29 anos, tem acordo para renovar contrato.